NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO SOCIAL DA FACULDADE DO NORTE GOIANO 

O QUE É O NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO SOCIAL - NACIS?

É o setor que articula pessoas e setores para o desenvolvimento das ações de implantação/implementação do Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas no âmbito interno. Tem como objetivo principal criar na instituição a cultura da “educação para a convivência”, aceitação da diversidade e, principalmente, buscar a quebra das barreiras arquitetônicas, educacionais, de comunicação e atitudinais.

QUEM SÃO AS PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECÍFICAS?

São todas aquelas pessoas que necessitam de políticas de inclusão, nos mais diversos campos da sociedade. No tocante à educação inclusiva, podemos destacar:

a)    Pessoas superdotadas.

b)    Pessoas com condutas típicas (síndromes, esquizofrenia, etc.).

c)    Deficientes físicos permanentes, como por exemplo, aqueles com deficiência auditiva, visual, mental e/ou motora.

d)    Deficientes físicos temporários, como vítimas de acidentes.

e)    Pessoas excluídas socialmente: os idosos, os índios, os negros e os obesos.

O QUE É EDUCAÇÃO INCLUSIVA?

É ensinar a pensar que o outro pode pensar também, mesmo que seja um pensamento diferente, pois o que nos faz humanos são as nossas diferenças. Inclusão é melhorar a sociedade, pois a humanidade caminha para a diversidade e a diversidade refere-se às diferenças individuais. A educação inclusiva é um direito e o ensino é um instrumento para o exercício desse direito, pois constitui em um espaço privilegiado de construção de saberes, de interações, de negociações e de multiculturalidade. Para tanto, faz-se necessário:

a)    Revisar valores sobre o outro e sobre as questões do respeito às diferenças.

b)    Admitir os diversos modelos de percepção, sentimentos, pensamentos, ações e simbolizações.

c)    Exercitar o princípio fundamental para a construção de uma perspectiva inclusiva na educação e na sociedade: a alteridade.

A educação inclusiva integra o processo de construção da cidadania. Não pode estar restrita a um mero ato de solidariedade, mas de respeito que dignifica e valoriza as condições do outro. A capacidade humana não está explícita na aparência, mas na essência do ser, de modo que a habilidade cognitiva se vincula diretamente com a produção do capital humano e seu resultado deve favorecer a totalidade social, na constante e incisiva busca pelo bem comum.

O COMPROMISSO DA FNG COM A INCLUSÃO

A FNG é uma IES que busca ser referência na prestação de serviços educacionais, dispensando atenção pelo atendimento as pessoas com necessidades educacionais específicas. Para tanto, devemos caminhar sobre as premissas de que:

a)    Toda pessoa tem direito fundamental à educação e deve ser dada a oportunidade de atingir e manter o nível adequado de aprendizagem.

b)    Toda pessoa possui características, interesses, habilidades e necessidades de aprendizagem que são únicas.

c)    Os sistemas educacionais devem ser designados e programas educacionais devem ser implementados no sentido de se levar em conta à vasta diversidade de tais características e necessidades.

d)    As PNE’s devem ter acesso à escola regular, que deve acomodá-los dentro de uma pedagogia centrada no aluno, capaz de satisfazer suas necessidades.

 Afinal, instituições educacionais que possuam tal orientação inclusiva constituem os meios mais eficazes de combater atitudes discriminatórias criando-se comunidades acolhedoras, construindo uma sociedade inclusiva e alcançando educação para todos. Além disso, tais instituições provêm uma educação efetiva à maioria das pessoas, aprimorando o sistema educacional.

AÇÕES DO NACIS

Além do atendimento ao PNE's, no que diz respeito ao ingresso e permanência na instituição, o NACIS da FNG estabeleceu parcerias com outros órgãos, instituições e associações que atendem PNE's. Realiza projetos de extensão voltados para pessoas com deficiência, promovendo a inclusão, envolvendo alunos e servidores para esta prática de proximidade com o outro. Acreditamos que a inclusão começa com a proximidade do outro, conhecendo sua realidade, suas capacidades e habilidades e oferecendo a oportunidade de desenvolvê-las. Apoia pesquisas na Faculdade voltadas a tecnologia assistida, visto que os desenvolvimentos destas contribuem para que a pessoa com deficiência tenha mais autonomia e independência. No decorrer do ano são realizadas atividades que visam a reflexão para a importância da inclusão e o respeito as diferenças.

PROJETOS E PLANOS DE AÇÃO

O NACIS, ao longo do desenvolvimento e trajetória de suas ações, deseja ampliar seus conhecimentos acerca da inclusão de PNE’s. Para tanto, objetiva participar, realizar, interagir e difundir eventos que disseminem a política da inclusão na sociedade toledana e região. A FNG, por meio do NACIS, está aberta a dialogar, articular e desenvolver ações que permeiem o intercâmbio com outros órgãos da esfera pública e privada, além de associações e ONG’s. Parceria é uma palavra chave que deve ser explorada ao máximo para que aqueles que possuem necessidades especiais possam sentir-se e estarem inclusos nos mais diversos ambientes e esferas da sociedade.

Componentes:

Prof.ª Esp.ª Xênia Freire Ferreira da Silva – Pedagoga (Coordenadora do NACIS)

Prof.ª Ma. Cacilda Fernandes Abreu Afonso Cunha Júnia – Psicóloga

Prof.ª Ma. Cynthia Helber Urias Rodrigues Campos – Representante das Coordenações

Brenda Kallyta Cavalcante – Representante dos Discentes

Prof.º Me. Eduardo Moreira Marques – Representante do CESNG

Prof.º Esp.º Maikon Douglas Martins Leite – Representante dos Docentes.

 

Regulamento

NACIS


© 2015 Faculdade do Norte Goiano. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Matheus Ribeiro Marques.

FNG - QUALIDADE - SERIEDADE - FUTURO - Tel: (62) 3367-1090