Curta nossa página

Inscrições Abertas


OBJETIVOS DO CURSO

O Curso de Graduação em Enfermagem tem por objetivo formar bacharel em enfermagem (enfermeiro) capaz de influenciar na construção de novos paradigmas de saúde, através de um corpo de conhecimentos próprios, sedimentados num pensar integral do cuidado humano, para atuar nas áreas de promoção da saúde, prevenção de doenças, no tratamento e reabilitação no processo saúde-doença do ser humano, da família e comunidade, comprometido com o contínuo crescimento pessoal e social, na busca de uma melhor qualidade de vida.

OBJETIVOS GERAIS

a) Favorecer a interiorização do ensino superior no Estado de Goiás. 
b) Propiciar aos alunos conhecimentos gerais e específicos da área da enfermagem. 
c) Formar profissionais da enfermagem com titulação de enfermeiro. 
d) Desenvolver um perfil de egresso com visão crítico-reflexiva, criativa, humana, ética e com habilidades e competências na tomada de decisões na sua profissão. 
e) Despertar raciocínios sobre as dinâmicas individuais e coletivas, de cunho histórico e econômico, referentes à estruturação dos diversos segmentos da saúde na área da enfermagem. 
f) Proporcionar um processo de ensino e aprendizagem com metodologias pedagógicas científicas, multidisciplinares e dialéticas, com práticas educativas diversificadas, que contribuam para a formação e qualificação do aluno no exercício profissional técnico, responsável e ético e no desenvolvimento social, econômico e cultural da sua área de atuação.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

a) Desenvolver habilidades cognitivas e psicomotoras, a fim de gerenciar os serviços e ações de enfermagem. 
b) Aplicar o método científico no processo de gerenciar o cuidar em enfermagem do ser humano, da família e da comunidade. 
c) Promover a saúde, prevenir a doença, tratar e reabilitar o ser humano, a família e a comunidade, desde a concepção até a morte, desenvolvendo a concepção do processo saúde-doença. 
d) Garantir um perfil profissional que contemple a detenção de conhecimentos, habilidades e atitudes de modo a atender o aspecto epidemiológico da região, 
compreendendo a realidade de saúde da população, suas condições de vida e os determinantes sociais do processo saúde-doença. 
e) Desenvolver a consciência analítico-reflexivo-crítica, fundamentada na relação dialética entre a teoria e a pratica do profissional. 
f) Estimular o questionamento, a curiosidade e a busca de novos paradigmas, desenvolvendo a investigação científica no campo de atuação da enfermagem. 
g) Desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes técnico-pedagógicas essenciais para o exercício de atividades de educação em saúde. 
h) Aprimorar o cultivo pessoal e desenvolver o perfil profissional, considerando como princípio básico o respeito pelo ser humano, na sua dimensão holística. 
i) Despertar e desenvolver a sensibilidade, a ética, a moral, a competência e o compromisso para as questões humanas nos vários segmentos da sociedade no processo de cuidar em enfermagem. 
j) Fortalecer os programas voltados à política de saúde coletiva, como o Programa de Saúde da Família e o próprio SUS, como modelo epidemiológico clínico, centrado no trabalho de equipe interdisciplinar, discutindo e/ou aprofundando o papel da enfermagem no mesmo. 
k) Permitir o domínio dos métodos clínicos e epidemiológicos na abordagem dos problemas individuais e coletivos de saúde. 
l) Estimular a educação continuada e propiciar a formação pedagógica com vistas à possibilidade de docência em áreas de ensino e saúde.

Para o desenvolvimento desses objetivos, o Curso de Graduação em Enfermagem tem como metas:

a) Realizar o ensino de conteúdos de formação geral, formação básica e formação específica e profissional com as correspondentes atividades práticas e complementares do curso. 
b) Formar alunos que compreendam a dinâmica do sistema de saúde pública local e da região. 
c) Utilizar metodologias de ensino, inclusive com recursos tecnológicos, suficientes para o desenvolvimento da criatividade, espírito crítico-científico e capacidade de absorção de novos conhecimentos. 
d) Desenvolver os conteúdos da área de enfermagem pautados sempre numa visão estratégica e flexível, sem prejuízo do processo de ensino e aprendizagem. 
e) Tornar a sala de aula um modelo de gestão (planejar, programar, supervisionar, controlar, estudar, analisar, avaliar e tomar decisões que levem a resultados). 
f) Despertar o aluno, por meio de atividades pedagógicas, para os diferentes tipos de atendimento de enfermagem. 
g) Criar formas de avaliações de ensino e aprendizagem processuais e continuadas e apurar resultados. 
h) Construir modos dialéticos de integração entre a teoria e a prática. 
i) Realizar interdisciplinaridade no âmbito da enfermagem e áreas afins. 
j) Incentivar a pesquisa como forma de prolongamento da atividade de ensino e instrumento para a investigação e a iniciação científica, inclusive por meio de eventos acadêmicos. 
k) Oferecer cursos de extensão que sirvam como atividades complementares. 
l) Estruturar as atividades de estágio curricular supervisionado, definindo suas formas e avaliação, conforme seu regulamento. 
m) Possibilitar inclusão de estudos e projetos de atividades centrados em áreas teórico-práticas correspondentes à formação profissional. 
n) Dar condições de análise crítica da região para inserção de mercado de trabalho local ou regional. 
o) Ministrar palestras e seminários relacionados à temática da enfermagem e conteúdos afins. 
p) Propiciar qualificação profissional de mão de obra na área da enfermagem necessária para contribuir com o sistema de saúde na região. 
q) Observar regulamentos próprios das atividades pedagógicas e acadêmicas. 
r) Viabilizar modos de integração entre graduação e pós-graduação. 
s) Possibilitar formação continuada por meio de cursos de pós-graduação, em nível de especialização, visando inclusive à formação de professores de enfermagem. 
t) Conduzir o aluno à compreensão e análise eficiente do processo de globalização e das regras competitivas do mercado na área da saúde e da enfermagem. 
u) Promover eventos acadêmicos e culturais. 
v) Incentivar a criação cultural, a consciência de cidadania e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo, divulgando-os através do ensino presencial e de outras formas de comunicação do saber. 
w) Pugnar pela formação do profissional técnico, responsável e ético. 
x) Levar a efeito estudos metódicos dos problemas regionais e nacionais, à luz do contexto mundial. 
y) Oferecer condições de prestação de serviços à comunidade, estabelecendo laços de reciprocidade e parceria. 
z) Formar profissionais e docentes aptos para o exercício de suas funções e para participação no desenvolvimento do estado e região, suscitando nos mesmos o desejo permanente de aperfeiçoamento cultural e profissional. 
aa) Estabelecer intercâmbio interinstitucional com diversos sistemas de ensino nacionais e estrangeiros, através da presença e da participação contributiva da FNG. 
bb) Buscar inventivos à pesquisa por meio de parcerias com entidades públicas e privadas. 
cc) Incentivar a permanente interação com a sociedade, com fins educativos, científicos e culturais. 
dd) Tornar-se uma referência no ensino de enfermagem na região.

Siga-nos

    

© 2015 Faculdade do Norte Goiano. Todos os direitos reservados.

FNG - QUALIDADE - SERIEDADE - FUTURO - Tel: (62) 3367-1090